Sarada sempre!

Sarada sempre!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Não existe mudança imediata




Meninas, nessa postagem, eu vou tratar de um tema que talvez não agrade a muitas leitoras. O imediatismo. Muitas meninas me perguntam o que eu estou tomando, o que eu fiz para chegar onde eu cheguei. Percebo a decepção de algumas, quando eu digo o que elas já sabem. Eu tomei vergonha na cara. Parei de pensar como gordinha.
Observe as duas fotos à direita. Em qual situação você quer estar?

Quais são as atitudes que você tem tomado para mudar a sua insatisfação com seu corpo?

Você tem se esforçado? Tem feito sacrifícios? Está mesmo disposta a encarar a mudança? Ou vai apelar para uma cirurgia?


Eis o que eu penso de a cirurgia, que é uma das mais realizadas entre as mulheres brasileiras:


A abdominoplastia é uma cirurgia plástica para reduzir o abdome. Um corte vertical é feito a partir do umbigo, de aproximadamente uns 15 cm, e outro corte horizontal, de mais de 20 cm, em forma de meia lua, maior que um corte de cesária. Na verdade o corte vai de uma extremidade a outra da cintura. São retirados dois pedaços de gordura adiposa, em forma de triângulos e são descartados. Os músculos são costurados e esticados para ganhar firmeza. O umbigo é extraído e a pele da barriga é esticada até a extremidade da virilha, onde a incisão é fechada. Um novo umbigo é construído artificialmente. Há quem se contente em fazer uma abdominoplastia e ficar com a barriga esticadinha igual a da foto. Pode esquecer as tanguinhas e os bikines bem cavados. Se contente com aquelas calcinhas de cintura alta e os sukines, por a cicatriz vai te acompanhar para o resto da sua vida. Sem contar que após a cirurgia, sua barriga nunca terá os gominhos abdominais.



Qualquer pessoa vai poder identificar que sua barriga fo operada. Na minha opinião, isso é mutilação. Eu só concordo com essa cirurgia em casos de extrema necessidade, como é o caso dos obesos mórbidos que passaram por uma redução de estômago (cirurgia bariátrica), e ficou com escesso de pele. Mas essa é a minha opinião. Não sou médica, estou opinando aqui como observadora, mas deixo para vocês analisarem as fotos e compararem, então tirarem suas próprias conclusões.


Dá uma olhadinha nesta terceira foto e me diz, se você quer ter um umbigo igual a este:



Uma cirurgia, exige que sejam feitos, uma batelada de exames laboratoriais, algumas mulheres tem que perder peso antes da cirurgia, por que não adianta estar com uma barriga esticadinha, e os braços e coxas gordos, o resultado final vai ficar monstruoso. Existe também o perigo da anestesia que na maioria dos casos é geral, aquela peridural. Sabe aquela agulha grandona, de mais ou menos uns 15 centímetros, que eles inserem na espinha dorsal? Pois é... é aquela. Tem também o internamento, que varia de dois, a três dias, se não houver nenhuma complicação. Aí tem o período de recuperação, que segundo alguns sites é de 3 a 4 semans, mas por pelo menos de 6 meses a 1 ano, você tem de evitar esforços físicos muito grandes. Será que vale a pena?



Agora vamos observar a barriguinha da Solange Frazão na foto seguinte:



Só lembro a vocês que ela tem 49 anos de idade! Pasmem! Olha que abdominal sarado, com os gominhos delineados perfeitamente harmoniosos, as curvinhas laterais da cintura, você acha que alguma cirurgia plástica será capaz de esculpir uma barriga tão perfeita assim? NEVER!


Mas para obter uma barriga dessa, é preciso abdicar das cervejinhas, dos docinhos, das frituras, refrigerantes, pizza, pipoca, sorvete, maionese, feijoada, etc


Comece a comer alimentos integrais, saladas, frutas, legumes, verduras, alimentos lights, sucos naturasi sem açúcar, beba muita água.




Faça exercícios, corra, ande, pedale, se mexa! Parada ninguém perde nada. Nenhum remédio vai te fazer emagrecer se você não se mexer. Se você não fizer dieta. Não adianta tomar fórmula, pílulas, tomar shakes emagrecedores, termogênicos ou qualquer receita de chá, dieta da lua ou da moda que for, se você não se ajudar. Se ame! Antes de pensar nos resultados, pense na SAÚDE, a silhueta é consequência, vai por mim.


Você quer ter a felicidade instantânia do açúcar no quadril, ou a felicidade plena de endorfina no cérebro? Pense nisso!

4 comentários:

lili disse...

Adorei a materia muito boa, um tapa na cara das preguiçosas hehe! prefiro abrir mão das goloseimas e ser feliz com com resultados de uma alimentação saudável!

Divaneth Carvalho disse...

oi menina adoro seu blog,a materia sobre a abdominoplastia não concordo em termos,olha meu caso ja tive dois filhos e minha barriga é horrível cheia de estrias e estrias não tem jeito só cirurgia igual a terceira foto,eu malho to ficando com o corpo lega,e tenho 20 anos que não uso biquine e vou morrer sem usar.O segredo de não ter um umbigo daquele é pesquisas um bom profissional não bate na porta de qualquer açougueiro.Fica meu ponto de vista bjssssssssssssss.

nicola disse...

Eu comecei a fazer academia no mês de maio do ano passado comecei com 74 kilos hj em fevereiro estou com 64 kilos mas era para eu perder mais peso. Infelizmente tenho tendinite patelar então meus treinos são moderados... mas a personal da academia não dá mole não a mulher é porreta mesmo me ajuda muito...
Mas te falo uma coisa perdi 10 kilos estou acima do peso ainda mas o pouco resultado que tive todo mundo repara. E vou confessar até os amigos do meu namorado andam me elogiando kkkk na frente dele ainda. Para mim musculação não é somente estética é também saúde melhorei muito a minha qualidade de vida!

Sandrinha disse...

Não darei pérolas a "porca"!

Seguidores